Federação Idígena em Ação

A ARTE COMO MEIO DE EXPRESSÃO, A CULTURA SÃO OS COSTUMES E TRADIÇÕES E OS MEIOS DE DIVERSÕES QUE CONSTRÓI VALORES HUMANOS DE UM POVO OU DE UMA NAÇÃO.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Indio Felipe Camarão


O índio Juruna da tribo Xucurú faz a representação simbólica do índio Felipe Camarão

Nascido em nosso estado, o índio Poti é indicado para ser um dos heróis da pátria brasileira. A lei 6.176/2010 de proposição do Vereador Franklin Capistrano (PSB), institui o título de herói público municipal à Dom Antônio Felipe Camarão, nome que recebeu, este potiguar, no seu batismo católico ocorrido no dia 12 de junho de 1612. Pela sua luta contra os holandeses recebeu títulos e honrarias do governo espanhol.

O feriado estadual de 03 de outubro lembra o massacre de 33 católicos em Uruaçu, onde um pastor protestante degolou prisioneiros que se negaram a converterem-se ao protestantismo. Felipe Camarão tomou pra si a tarefa de vingar os mártires e veio ao Rio Grande do Norte, onde espalhou terror entre os holandeses, sendo, portanto lembrado nos terreiros de umbanda como o “Vingador”.

Guerreiro nunca derrotado comandou a ala direita das tropas brasileiras na primeira Batalha dos Guararapes ocorrida em 19 de abril (Dia do Índio) de 1648. Provando sua genialidade guerreira atraiu os europeus para uma cilada, trazendo-os para área de difícil manobra, levando-os à derrota de seu exército com cinco mil combatentes portando canhões, armas modernas, sapatos e roupas vistosos, bem pagos e bem treinados.

Os brasileiros (apenas dois mil) lutaram com armas precárias, descalços, sem salários com exército formado em sua maioria de índios e mestiços, tiveram apenas 200 mortos, enquanto os poderosos protestantes fugiram derrotados deixando dois mil cadáveres. Mesmo atacado de febre, Felipe Camarão combateu durante todo o dia, vindo a falecer em consequência deste esforço, que abalou sua saúde levando-o à morte em seu sítio, atual bairro da Várzea em Recife, no dia 24 de agosto de 1648. A fragorosa vitória brasileira, fez o nosso povo perceber que poderia vir a ser hoje, a poderosa e aclamada pátria brasileira.